Já ouviu sobre a Estação do Suicídio?

Existe uma crença antiga de que as taxas de suicídio aumentam ou diminuem conforme as fases lunares. Estudos começaram a ser feitos para comprovar essa hipótese e com isso outra hipótese surgiu: a de que o suicídio ocorre com mais frequência em uma determinada época do ano ou hora do dia.

SUICÍDIO

A temática é difícil de ser estudada, pois é necessário obter uma amostra apurada para que o resultado seja fidedigno. Como o método escolhido para cometer o ato pode fazer com que o caso seja descoberto com certo atraso, há uma complexidade ao estudar a questão dos horários. Por isso as amostras costumam vir da documentação de casos ocorridos em lugares públicos, como em pontes ou trilhos de trem (método muito comum na Europa). Por essas dificuldades, os resultados ainda divergem de estudo para estudo. Contudo, os dados apresentados ainda são interessantes.

 A grande maioria dos estudos nega que, assim como afirma a crença, a fase lunar tenha algum tipo de influência nas taxas de suicídio. Além disso, diversos deles sugerem dados semelhantes quanto à época do ano. Diz-se que os suicídios ocorrem com mais frequência no fim do ano. Algumas pesquisas ainda afirmam que as taxas são ainda maiores em vésperas de feriados, mas isso é negado por outras. Porém, algo que parece mais comum a uma grande parte é o fato de que ocorrem mais casos ao fim do dia, quando a noite começa a cair.

suicidio-postNota-se então que por mais que alguns resultados sejam divergentes, há uma aparição recorrente de resultados que indicam uma taxa maior de suicídio no fim do dia ou do ano, mas os estudos não levantam hipóteses dos motivos de isso acontecer.

Há quem diga que isso ocorre porque o por do sol é, assim como o fim do ano, um momento que dá uma sensação angustiante de fim. Mas essa teoria não é confirmada nos estudos. E você, por que acha que isso ocorre?

 

REFERÊNCIAS

BENNETT; COLLINS. Suicide: a ten-year retrospective study. Journal of Forensic Sciences, v. 45, n. 6, p. 1256-1258, 2000.

KRAUS; MALDONADO. Variation in Suicide Occurrence by time of the day, day of the week, month, and lunar phase, suicide and life-threatening behavior, v. 21, n. 2, p. 174-187, 1991

BEERSMA; HOUWELINGEN. Seasonal changes in 24-h patterns of suicide rates: a study on train suicides in The Netherlands, Journal of Affective Disorders, v. 66, p. 215-233, 2001.

Sobre a autora

Priscilla Figueiredo

Priscilla Figueiredo é Psicóloga de orientação Psicanalítica graduada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas e atua na área da saúde como psicóloga clínica. Para disseminar seu conhecimento, criou o Psicologia Para Curiosos e escreve artigos regularmente aqui no site.

Deixe seu comentario